segunda-feira, janeiro 02, 2006

Ano 1

Tenho saudades tuas como "quem tem sede sem ser de água".

Inexplicável.

Há um ano perdi-te.
Perdemos-te.
Deuz quiz-te do sEu lado.
Eu compreendO-o.
Também nós te queríamos cá, doce Mamã.

Há um ano cresci de repente. Mais ainda.

A Morte é uma merda. Principalmente quando se sofre tanto antes dela chegar. E ainda mais quando chega tão cedo.

Um ano depois, continuo a olhar para o Céu e mandar um beijo à Estrela mais brilhante que vejo.
Como se beijasse a tua face e voltasse outra vez a sentir o teu calor, o teu cheiro, a tua presença física.

Um ano volvido, um ano vivido, um ano sofrido.
Tantas mudanças... tantas diferenças!

Mamã... só espero que estejas orgulhosa de mim.

Amo-te como sempre.

Desde sempre. Para sempre.
AC

Patita Feia

6 Comments:

Anonymous Maria do Céu Costa said...

Um texto de profunda saudade que nos deixa sem palavras. Bom inicio de ano. Beijinhos.

segunda jan 02, 03:07:00 da tarde GMT  
Blogger Cristina said...

sem palavras

um beijo :)

segunda jan 02, 04:08:00 da tarde GMT  
Anonymous soslayo said...

A saudade sentida é vivida. Um abraço Zeak

segunda jan 02, 07:29:00 da tarde GMT  
Anonymous guardião said...

um ano cheio de plágios....

segunda jan 02, 08:49:00 da tarde GMT  
Anonymous Carriço said...

Descobri recentemente este blog e posso dizer que tem dois grandes trunfos, para mim:
* Reune posts sempre interessantes;
* Dá a conhecer blogs até então desconhecidos (pelo menos a mim!).

Plagiar assim vale a pena! :)

Feliz 2006!

terça jan 03, 10:50:00 da manhã GMT  
Anonymous Patita Feia said...

(speechless)
Chuac-Quack ***

sexta jan 06, 12:26:00 da tarde GMT  

Enviar um comentário

Actu(alizções)Plagiadissimo(desblog) blogaqui?