quinta-feira, dezembro 15, 2005

Oceano


Assim que o dia amanheceu
Lá no mar alto da paixão
Dava pra ver o tempo ruir
Cadê você, que solidão
Esquecerá de mim
Enfim, de tudo que há na terra
Não há nada em lugar nenhum
Que vá crescer sem você chegar
Longe de ti tudo parouNinguém sabe o que eu sofri
Amar é um deserto e seus temores
Vida que vai na sela dessas dores
Não sabe voltar, me dá teu calor
Vem me fazer feliz porque eu te amo
Você deságua em mim e eu oceano
Esqueço que amar é quase uma dor

Só sei viver se for por você
Letra e música:Djavan
TRECA

4 Comments:

Anonymous Treca said...

Fogo! Já n bastava plagiar uma vez tiveste q plagiar duas?
De qualquer forma obrigada pela visita.
Boas Festas

quinta dez 15, 04:08:00 da tarde GMT  
Anonymous Treca said...

Em relação ao comentário que fizeste sobre o meu post "Alentejo":

Como sou a única alentejana por estas bandas "sofro" bastante com os comentários depreciativos...
De qualquer forma foi mais um desabafo do que outra coisa, os meus colegas fazem questão de me "xagar" a cabeça mas até são porreiros!

quinta dez 15, 08:41:00 da tarde GMT  
Blogger Didas said...

Eh pá! Uma ideia gira este tasco! :)

quinta dez 15, 10:35:00 da tarde GMT  
Blogger Cruzeiro said...

Muito giro o blog, bem pensado...Parabéns! :)

quinta dez 15, 11:00:00 da tarde GMT  

Enviar um comentário

Actu(alizções)Plagiadissimo(desblog) blogaqui?