segunda-feira, janeiro 02, 2006

Nebulosidade

Imagem daqui
Ele contemplava o céu lá fora marcado pelas nuvens altas.
Cá em baixo um manto verde cobria o chão.

- Gostava de comprar uma nuvem…

Ela riu-se.

- Uma nuvem? De estimação?
- Sim.- E que nuvem querias tu?
- Uma nuvem pequena, não era preciso ser das grandes.
- Mas sabes que elas estão lá em cima não sabes? Lá muito alto…
- Sim sei mas era só mesmo para ficar a olhar. Deitado ali num destes mantos verdes. Deitar-me contigo, apontar para ela e poder dizer-te que é minha.
- E podíamos inventar figuras? Podia ser da forma de uma estrela?
- Sim claro. A minha nuvem seria moldável. Se quisesses podias tocar-lhe, passar-lhe as mãos e senti-la contorcer-se ao sabor das tuas festas. Da mesma forma que fazes comigo.
- Ah, isso é bom. Mas olha, acho que terias um problema.
- Sim? Qual?
- Elas não estão paradas. Quem te garante a ti que ela ficaria no mesmo sitio à espera que olhasses para cima?
- Não me importava. Se já lá não estivesse ficaria deitado a olhar para cima à espera que contornasse o mundo. Da mesma forma que faria contigo.

100 sentimentos

1 Comments:

Blogger Lobistico said...

Obrigado eu pela referência.
Um ano inspirado para ti!

segunda jan 02, 02:06:00 da tarde GMT  

Enviar um comentário

Actu(alizções)Plagiadissimo(desblog) blogaqui?