sábado, janeiro 21, 2006

o que escreves é sede de olhos bebendo no suave desejo das palavras

poderás acordar o silêncio onde o amor se esquece mas nada se saberá sobre a infidelidade da ausência. nomear-te é já uma forma de traição desenhando-se leve no meu peito.
*foto de sweetcharade

Moriana

4 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Interessante post. Um bocado sem nexo, sem sentido. Parece que as coisas estão um bocadito confusas...



Rita.

sábado jan 21, 06:46:00 da tarde GMT  
Blogger sharkinho said...

As emoções são mesmo assim, Rita.
Eu, pelo menos, vejo-me grego para verbalizar as minhas...

sábado jan 21, 09:08:00 da tarde GMT  
Anonymous soslayo said...

As emoções por vezes não se traduzem naquilo que escrevemos! por que para além daquilo que escrevemos giram outras emoções à volta. Um abraço.

domingo jan 22, 03:34:00 da tarde GMT  
Blogger musalia said...

aqui estou, muuuuito atrasada nas 'palavrinhas'.
um beijo cheio de amizade pela escolha que creio não merecer. e outros dois para o sharkinho e o soslayo :)

quarta fev 01, 07:49:00 da tarde GMT  

Enviar um comentário

Actu(alizções)Plagiadissimo(desblog) blogaqui?